Como cuidar de amor-perfeito

Como cuidar de amor-perfeito

As flores de amor-perfeito são plantas híbridas derivadas da Viola tricolor. Conhecidas cientificamente como Viola x wittrockiana, foram cruzadas de maneira natural na região norte da Europa. Na verdade, há uma grande quantidade de tipos dessa planta, com variedades nos tamanhos e cores. Além disso, no universo da jardinagem, a planta é bastante valorizada por conta das suas preciosas flores.

As flores de amor-perfeito são ideais para serem plantadas próximas de arbustos, pois previnem o crescimento de ervas-daninhas. Com isso tudo em mente, é bem provável que você já tenha se convencido de plantá-las. Descubra como cuidar de amor-perfeito, suas principais características, pragas e doenças neste artigo do umCOMO.

Características do amor-perfeito

Para saber como cuidar de amor-perfeito, você deve conhecer as características que as diferenciam do restante das plantas:

  • É uma planta perene caso receba os cuidados certos.
  • É uma flor bianual, ou seja, no primeiro ano produz as folhas e, no segundo, finalmente floresce.
  • Suas flores são comestíveis.
  • As flores de amor-perfeito florescem de maneira predominante no outono. Em climas muito quentes, a floração dura até a primavera.
  • A planta atua de forma eficaz como cobertura natural.
  • Essas flores começaram a ser domesticadas há dois séculos, ou seja, entre os anos 1820 e 1830.

Outra planta de grande beleza que pode despertar seu interesse para tê-la no jardim é a begônia. Descubra Como cuidar das begônias neste outro artigo.

Como cuidar de amor-perfeito

As flores de amor-perfeito requerem uma série de cuidados essenciais para crescer, produzir folhas e florescer. Para manter uma boa saúde, é essencial que você cubra todas as suas necessidades vitais. São as seguintes:

Luz, clima e posição

Dúvidas sobre se as flores de amor-perfeito são de sol ou de sombra? Quando cruzam o norte da Europa, as plantas são capazes de aguentar uma oscilação considerável de temperaturas, desde as mais quentes até aquelas bem baixas, ainda que não excessivamente intensas. É preciso que a planta esteja em áreas luminosas para receber uma grande quantidade de raios solares, já que é uma planta de sol.

Porém, em climas muito quentes, é aconselhável colocar a planta em áreas de meia-sombra, para que fique protegida das horas de sol mais intensas. As flores de amor-perfeito são colocadas no exterior pela sua capacidade de resistir ao frio e prevenir o crescimento de ervas daninhas, sendo por isso altamente recomendadas para proteger os diferentes espaços do seu jardim.

Nesse outro artigo você vai encontrar uma série de Dicas para cultivar plantas em um jardim.

Regando as flores de amor-perfeito

Uma das grandes necessidades dessa planta é manter o solo relativamente úmido. Evite em qualquer caso que ele fique inundado, pois uma rega desproporcional causará excesso de água nas raízes, enfraquecendo ou adoecendo a planta.

Durante a floração da planta, é necessário regá-la de maneira mais frequente, entre duas e três vezes por semana. Tudo vai depender do solo e do clima em que ela se encontra para definir a frequência exata da irrigação.

Substrato e adubo da planta amor-perfeito

As flores de amor-perfeito precisam de um solo rico em nutrientes. Ao plantá-las no outono, deve-se usar um composto orgânico para o solo: assim, elas vão durar cerca de três meses. Depois, você terá que aplicar mais doses de fertilizante orgânico.

Um fertilizante orgânico recomendado para essa planta é o húmus de minhoca. Seu aporte de nutrientes e sua composição proporcionam grandes benefícios às flores de amor-perfeito e ao próprio solo.

Podando as flores de amor-perfeito

A planta costuma perder sua vitalidade quando chega a temporada mais quente do ano, que coincide com os meses posteriores aos da floração. Se ela não receber os cuidados certos, pode inclusive acabar morrendo nessa época.

Se você quer evitar que isso aconteça e, logo, conservar a flor de amor-perfeito no verão, é preciso que haja uma poda agressiva da planta, na qual você deve deixar apenas o caule quando as temperaturas aumentarem.

Pragas e doenças de flores do amor-perfeito

Para terminar de saber como cuidar de amor-perfeito, é importante que você conheça as pragas e doenças que mais afetam a planta:

  • Pulgões são uma de suas principais ameaças. O ataque desses insetos é frequente e coloca em sério risco a saúde do amor-perfeito. Para combatê-los, use inseticidas naturais e caseiros, como infusões de cebola ou alho, camomila e absinto. Você também pode investir no óleo de Neem ou no sabonete de potássio.
  • Quanto aos fungos que costumam danificar as flores do amor-perfeito, o oídio é um dos mais perigosos deles, que aparece formando manchas brancas ou cinzas nos caules e folhas. Esse fungo pode ser combatido com remédios caseiros para o oídio, como a camomila ou o alho.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cuidar de amor-perfeito, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.