Partilhar
Partilhar em:

Como podar orquídea

Passo a Passo
 
Como podar orquídea

A orquídea é uma flor muito elegante e, por esse motivo, costuma ter muito protagonismo em festas e casamentos. É uma flor diferente e misteriosa que é associada ao desejo e à fertilidade. Na Grécia antiga, era símbolo de virilidade e, durante a Idade Média, foi usada como ingrediente primordial em infusões e remédios para a saúde, também pelas suas propriedades afrodisíacas.

As orquídeas vivem coladas aos troncos de árvores, nas copas, onde existe mais luz pois necessitam de luz solar não direta. Se encontrou este artigo porque está interessado nos cuidados das orquídeas, continue lendo esse artigo e descubra como podar orquídea!

Vai precisar de:
Também lhe pode interessar: Como cultivar orquídeas azuis
Instruções:
1

Para podar orquídea, você deve começar por comprovar quais são as flores e folhas da sua orquídea que estão murchas. Quando as identificar e tiver comprovado que as folhas não estão amarelas por causa de um fungo, pode começar a remover as folhas mais feias.

Terá de fazer o mesmo com os ramos: confira quais estão secos e pode-os a partir do terceiro nó, contando da sua base (o nó é uma protuberância que aparece no talo). Você deve cortar o ramo seco ou com flor murcha a partir do terceiro nó, uma vez que esta é uma medida que permite que a flor cresça de novo sem quebrar ou sem se desviar do formato original do talo.

Nesse artigo do umCOMO, você pode descobrir porque a sua orquídea tem as folhas amarelas.

2

As raízes das orquídeas são espessas e é habitual usar floreiras transparentes pois possuem a capacidade de absorver a luz para fazer a fotossíntese. O cuidado das raízes é algo que você também deve ter em conta ao podar orquídea: se as raízes das suas orquídeas apresentam uma cor negra, é possível que tenham falta de espaço. Isso também pode acontecer com a presença de fungos ou infecções bacterianas.

Consulte um profissional antes de continuar podando a orquídea.

3

Depois de comprovar que pode, corte as raízes da sua orquídea, eliminando as partes mais feias. Para isso, use as tesouras e, provavelmente, terá de remover a planta do vaso para inspecionar as raízes. Puxe os caules com cuidado, segurando a base da planta com uma mão e, com a outra, puxe o vaso para baixo.

Além de descobrir como podar orquídea, leia esse artigo do umCOMO para encontrar mais informação sobre os cuidados desta planta: Orquídeas: como cultivar, cuidar e regar.

4

Quando terminar a poda, remova o substrato para fora se necessário e regue com um pouco de água, quer seja por imersão ou pulverizando água sobre as folhas e sobre a base da sua orquídea:

  • Para a rega por imersão, você deve pegue encher um recipiente com água e submergir o vaso com a orquídea nele por, no máximo, 5 minutos. Garanta que a água não cobre a base da orquídea para que não afogar a planta.
  • Para fazer rega por pulverização, encha um vaporizador com água e pulverize um pouco de água sobre as folhas e base da sua orquídea. Este método é recomendado para umedecer a planta ao invés de regá-la completamente, caso necessite um pouco de umidade mas não muita.
5

Dos talos que você decidiu podar, podem sair umas pequenas protuberâncias chamadas Keikis, umas pequenas plantinhas de duas ou três folhas (também chamadas de filhos uma vez que saem igual à planta principal) que você pode transplantar. Para isso, basta colocar a muda em um vaso transparente com substrato especial para orquídeas. Você não deve adubar a muda até passar um mês nem regar as plantas nas primeiras semanas depois do transplantio para evitar o afogamento.

Se você quer que saia um keiku da sua orquídea, deve colocar a planta em condições climatéricas adversas. Isso acontece porque o keiku é um método de sobrevivência que as orquídeas usam quando sentem que vão morrer. Reproduzem uma cópia exata delas, mas mais forte e, desse jeito, asseguram que a espécie não se extingue.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como podar orquídea, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Conselhos
  • Puedes estimular la floración de tus orquídeas con un abono especial para aumentar la floración.
  • Cuando vayas a comprar una orquídea, fíjate en sus raíces. Que sean verdes y fuertes, para asegurar que tendrán una floración abundante y sana.
  • Evita la luz directa a través de los cristales para que no haya efecto lupa y se quemen las hojas de tus orquídeas.
  • Trasplanta tu orquídea sólo en caso de infestación por hongos o de que la planta realmente necesite más espacio
Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como podar orquídea

O que lhe pareceu o artigo?

Como podar orquídea
1 de 3
Como podar orquídea