menu
Partilhar

Plantas tóxicas para humanos

 
Por Letícia Lima. 1 setembro 2021
Plantas tóxicas para humanos

O perigo pode estar escondido em seu jardim como uma bela planta ornamental: sim, ela pode matar. Ou pelo menos chegar bem perto disso, provocando reações alérgicas, vômitos, diarreias, problemas no coração, coma, etc., conforme diversos estudos realizados sobre plantas venenosas. É preciso ficar atento a esse perigo sobretudo se você tem pets e crianças em casa, pois comer uma dessas plantas pode ser fatal. Descubra quais são elas no artigo do umCOMO sobre plantas tóxicas para humanos.

Também lhe pode interessar: Quais plantas são tóxicas

Plantas venenosas

De acordo com uma publicação da Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, as plantas tóxicas:

[...] são todas as plantas que por contato, ingestão ou inalação provocam danos à saúde do homem ou dos animais, podendo inclusive levá-los à morte. [...] A pessoa pode ser intoxicada por diferentes acessos corporais: boca – ingestão de qualquer tipo de substância tóxica, química ou natural; pele – contato direto com plantas de substâncias químicas tóxicas; vias respiratórias – aspiração de vapores ou gases emanados de substâncias tóxicas; contaminação dos olhos – por contato com substâncias tóxicas ou naturais.

Os especialistas também verificaram quais eram as plantas ornamentais venenosas mais comuns nos lares brasileiros. Confira as plantas tóxicas para humanos:

Comigo-ninguém-pode

Todas as partes da planta são tóxicas. Quando ingerida, causa inchaço e queimação na região da boca, além de outros sintomas clássicos como vômito e diarreia. Pode causar asfixia e lesões na córnea. Veja mais sobre essa perigosa planta em nosso artigo sobre "a planta comigo-ninguém-pode é venenosa?".

Copo-de-leite

Todas as partes da planta são tóxicas. A intoxicação por copo-de-leite pode causar asfixia, inchaço na região da boca, vômitos e diarreia.

Espirradeira

Essa é uma planta venenosa que pode matar. Todas as partes da planta são tóxicas e, especialmente no caso da espirradeira, comer só uma folha já é o suficiente para matar uma criança. As crianças, aliás, são grandes alvos das plantas tóxicas: de acordo com pesquisa divulgada no Journal Health NPEPS, mais de 60% dos casos de intoxicação por plantas ocorrem em crianças. Os principais sintomas de intoxicação são dores no intestino e problemas cardíacos, visuais e neurológicos.

Tinhorão

Todas as partes da planta são tóxicas. A intoxicação por tinhorão apresenta as seguintes características: excesso de saliva, cólicas abdominais, inchaço na região da boca, náusea e vômitos.

Dedal-de-dama

Todas as partes da planta são tóxicas, apesar de haver um certo uso da Allamanda cathartica L. como medicamento fitoterápico. Entretanto, a intoxicação pode ocorrer facilmente e apresenta os seguintes sinais: dor abdominal, vômito, diarreia e, por consequência, uma desidratação grave o bastante para essa ser uma das plantas que matam.

Coroa-de-Cristo

Todas as partes da planta são tóxicas. A intoxicação por coroa-de-cristo pode causar conjuntivite e até mesmo cegueira, além de queimaduras, vômito e diarreia.

Antúrio

Todas as partes da planta são tóxicas. A intoxicação por antúrio causa asfixia, inchaço na região da boca, excesso de saliva, vômito e diarreia.

Saia-branca

Todas as partes da planta são tóxicas e podem provocar alucinações, taquicardia, aumento do fluxo sanguíneo para um órgão em específico, febre alta, boca seca e até mesmo morte.

Taioba-brava

Todas as partes da planta são tóxicas. Pode provocar fotofobia, vômito, diarreia, dores abdominais, asfixia, excesso de saliva e inchaço na região da boca, incluindo a língua.

Confira também nosso artigo sobre como identificar cogumelos venenosos.

Primeiros socorros por intoxicação por plantas venenosas

Deparar-se com alguém intoxicado por uma planta pode ser assustador. Por isso, siga nossas orientações sobre o que fazer:

  1. Ligue para o SAMU (192) imediatamente;
  2. Relate para o atendente o que aconteceu, bem como se o paciente está consciente, inconsciente, com ou sem salivação, etc;
  3. Afrouxe as roupas e sapatos do paciente enquanto espera pelo socorro;
  4. Vire a cabeça do paciente para evitar retorno de fluidos que podem provocar sufocamento, como vômito ou salivação excessiva;
  5. Esteja preparado para fazer uma massagem cardiorrespiratória. Veja nosso artigo sobre como fazer RCP (ressuscitação cardiopulmonar) em adultos.
  6. Se possível, leve um pedaço da planta ou, caso você saiba qual é, já dê o nome no atendimento.

Outras plantas tóxicas perigosas

Como dissemos anteriormente, mais de 60% das vítimas de intoxicação por plantas são crianças. Além disso, a mamona, a jiboia, a espada-de-são-jorge e o lírio da paz são plantas muito tóxicas para animais de pequeno porte como cães e gatos.

Por isso, você deve escolher bem quais plantas ter no seu jardim caso tenha crianças pequenas ou animais em casa, já que os riscos de intoxicação são gravíssimos, como já vimos. Se mesmo nessas condições você fizer questão de ter uma dessas plantas, coloque-as em um local de difícil acesso, isto é, onde nem os animais nem as crianças conseguirão alcançar.

Em se tratando de crianças pequenas, é muito importante ensiná-las a não brincar com plantas, já que as mesmas podem ser tóxicas e ninguém saber. Algumas outras plantas tóxicas para humanos e animais para se ficar atento são:

  • Agave
  • Alamanda
  • Arnica
  • Aroeira
  • Avelós
  • Banana-de-macaco
  • Beladona
  • Bico-de-papagaio
  • Buxo
  • Camará
  • Cega-olho
  • Chapéu-de-napoleão
  • Coroa-imperial
  • Costela-de-adão
  • Couve-do-mato
  • Dedaleira
  • Erva-de-rato
  • Espada-de-são-jorge
  • Fedegoso
  • Figueira-do-inferno
  • Hera
  • Jiboia
  • Mamona
  • Mandioca-brava
  • Maria-mole
  • Mata-cavalo
  • Pinhão-roxo
  • Pinhão-verde
  • Santa-bárbara
  • Tungue
  • Urtiga

Algo importante a se ressaltar é que o tutor não deve sentir vergonha ao levar o animal com uma possível intoxicação por planta venenosa ao consultório veterinário, e deve, portanto, dar um depoimento verdadeiro e concreto. É natural nesses casos sentir-se culpado por uma suposta "negligência" com seu bichinho, mas muitas pessoas não têm consciência de que certas plantas são tóxicas para cachorros e gatos e que devem ficar afastadas dos animais de estimação. Por isso, deixe a vergonha de lado e dê um relato completo!

Se pretende ler mais artigos parecidos a Plantas tóxicas para humanos, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Bibliografia
  • GERON, V. L. PLANTAS ORNAMENTAIS TÓXICAS: CONHECER PARA PREVENIR ACIDENTES DOMÉSTICOS. Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 79–98, 2014. Disponível em: http://www.faema.edu.br/revistas/index.php/Revista-FAEMA/article/view/222. Acesso em 24 de agosto 2021.
  • BOCHNER, Rosany; DE LEMOS, Elba Regina Sampaio. Plantas tóxicas em espaços escolares infantis: do risco à informação/Toxic plants in children's school spaces: from risk to information/Las plantas venenosas en espacios de la escuela infantil: el riesgo a la información. Journal Health NPEPS, v. 2, n. 1, p. 102-112, 2017. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/1814. Acesso em 24 de agosto 2021.
  • CONCEIÇÃO, JOHON LENNON DOS SANTOS; ORTIZ, MARIANA APARECIDA LOPES. INTOXICAÇÃO DOMICILIAR DE CÃES E GATOS. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 24, n. 2, nov. 2015. ISSN 2178-2571. Disponível em: http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/1692. Acesso em 24 de agosto 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Plantas tóxicas para humanos
Plantas tóxicas para humanos

Voltar ao topo da página