Partilhar

Como cultivar maconha hidropônica

Por João Santos. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como cultivar maconha hidropônica
Imagem: culturaverde.org

O processo de plantação de maconha hidropônica difere do processo normal por ser um cultivo indoor (dentro de casa). Os principais fatores para o crescimento saudável destas plantas são a luminosidade e a temperatura. Este método indoor tem a grande vantagem de apresentar crescimentos mais rápidos por receber os nutrientes diretamente de um abastecimento de água. O umComo explica como cultivar maconha hidropônica e obter resultados em apenas 3 meses.

Vai precisar de:
Também lhe pode interessar: Como cultivar Yucca
Passos a seguir:
1

Primeiro que tudo você terá que reunir algumas ferramentas e espaço. Necessita de ter uma divisão, de preferência com poucas janelas para que seja você a controlar os níveis de luminosidade. Materiais precisos para o cultivo:

  • Sementes de maconha
  • Tinta branca (fosco) ou rolo de mylar
  • Nutrientes hidropônicos
  • Vasos
  • Adubo
  • Lâmpadas fluorescentes (FLC)
  • Temporizador
  • Termômetro
  • Ventoinha

O orçamento que é necessário para adquirir estes materiais é no máximo R$2.000. Para iniciar recomenda-se o cultivo de 5 a 8 plantas, o que dará um retorno de cerca 200 gramas por planta.

2

No fim de todos os materiais reunidos está na hora de por mãos ao trabalho. Sugerimos que comecem por modificar a divisão que escolheram. Para revestimento das paredes tem que ter em relevância a tinta que vai utilizar, tem que ser de cor branco fosco para que reflita a maior quantidade de luz possível. Esta tinta tem uma percentagem de reflexo de 55%.

Depois das paredes estarem pintadas e secas é a vez de começar a revestir-las com papel mylar. Se optar por apenas revestir as paredes de lado e deixar o teto com a tinta branca não é muito grave, pois a luz irá incidir mais nas paredes e não tanto no teto.

Como o mylar reflete cerca de 90% da luz que recebe é necessário que coloque uma ventoinha de forma a regular a temperatura, caso contrário o clima na divisão iria danificar a saúde das suas plantas.

Como cultivar maconha hidropônica - Passo 2
Imagem: semente-de-maconha-com
3

Agora está na hora de tratar da iluminação do habitat. Este é um passo muito importante para o crescimento saudável das plantas. A as luzes devem ser colocadas um pouco mais alto do que os vasos para que quando se der o crescimento não ter de subir as lâmpadas. De forma a otimizar o máximo de luz que incide nas plantas é recomendável que coloque carcaça refletora nas lâmpadas.

A forma como são penduradas as lâmpadas depende do espaço e dos materiais que tem, o único ponto que deve ter em questão é que toda a luz que não atingir as plantas é luz que está a desperdiçar.

Nota: cada planta deve receber cerca de 42 watts de luminosidade.

Como cultivar maconha hidropônica - Passo 3
Imagem: extra.com.br
4

Antes de colocar as plantas deve fazer um ensaio, ou seja, deixar a instalação ligada durante um dia e de seguida ver no termômetro qual a temperatura que a divisão está. O ideal é estar entre os 26º e os 30º, sendo que nunca deve ultrapassar os 32º.

Se a sua divisão estiver a mais que 32º instale uma ventoinha para manter a temperatura adequada, caso contrário deverá colocar um pequeno sistema de aquecimento, mas com a quantidade de luminosidade não deverá ser necessário o aquecedor.

A utilização do sistema de ventilação ajuda a controlar a temperatura e a umidade, a eliminar os odores fortes libertados durante o crescimento e a fortalecer os caules das plantas para que suportem as ramificações quando atingirem a maturidade.

Ao colocar o termômetro certifique se a sua escala está em graus Celsius ou em Fahrenheit para que não confunda as medições. Verifique todos os dias a temperatura do habitat, poderá ocorrer avarias no sistema de ventilação ou se a temperatura exterior sofrer alterações afetará o clima indoor e aí a ventilação tem de ser regulada.

Como cultivar maconha hidropônica - Passo 4
Imagem: rdc17.com.br
5

Com o habitat montado está na altura de tratar do processo de germinação das suas sementes. Pegue em dois pratos e em lenços de papel umedecidos. Coloque as sementes, com algum espaço entre elas, num lenço úmido estendido e coloque outro por cima. De seguida faça uma concha com os dois pratos e os lenços no meio de forma a criar um ambiente com bastante umidade e escuridão para que as sementes brotem.

Verifique todos os dias se os papeis ainda estão molhados, se não estiverem pulverize com mais água. Este processo deverá demorar no máximo 10 dias, no entanto algumas sementes levam um pouco mais de tempo.

Quando verificar que a raiz já está a sair da semente, deverá envolver cada semente individualmente num extrato de lã de rocha e colocá-la no vaso com terra e adubo. Ao transferi-las utilize uma pinça, não pegue diretamente com as mãos. Faça um buraco com cerca de 1-2 cm na terra com adubo e coloque a semente germinada. O rebento deverá subir à superfície em 2 a 3 dias.

Adicione um pouco de água misturada com nutrientes (a quantidade de nutrientes utilizada nesta altura será 1/4 do que está recomendado na embalagem). Depois da adição dos nutrientes à água ajuste o nível de pH entre os 5,5 e os 6,0 de forma a garantir a absorção total dos nutrientes.

Nota: não sobre-carregue a planta de nutrientes, é um erro comum que as pessoas pensam que irá acelerar o processo e só vai fazer com que a planta morra.

6

Sempre que verificar que o adubo está ficando seco regue a planta com água e nutrientes (5,5 a 6,0 pH). Ao longo do tempo verificará que vai ser de dois em dois dias que vai ter que regar, mas isso depende do habitat.

A quantidade de luz diária recomendada é entre 18 a 23 horas por dia, sendo que nesta altura estará a simular a época de verão, em que os dias são mais longos. Esta fase chama-se de estágio vegetativo em que a planta apenas se preocupa em crescer. O final desta fase será determinado por si, pelo que quando a passar para a próxima fase (estágio de floração) ela crescerá até ao dobro, por isso sugerimos que deixe a planta em vegetatividade até que ela alcance os 25-30 cm.

A troca para a fase de floração será recebida pelas plantas quando você alterar a dose diária de luz. Nesta altura apenas lhe dará 12 horas de luz seguidas de 12 horas de escuridão por dia. A utilização de um temporizador nesta altura será determinante para que as horas de luz e escuridão sejam cumpridas ao limite.

Dica: quando as suas plantas atingirem alturas maiores, a luz não chegará a todos os lados portanto sugerimos que coloque luzes de lado para que todos os ramos recebam luminosidade e cresçam bem.

7

É na fase de floração que as plantas vão transferir os seus nutrientes e energia para a criação de botões (cabeças). Após 1 a 2 semanas da mudança de horário você vai aperceber-se do sexo de cada planta e vai querer eliminar as plantas macho pois estas apenas dão sementes e polinizam as plantas fêmeas, fazendo com que os seus botões fiquem muito mais fracos quando fumados.

Você reconhece uma planta macho pois nas suas ramificações crescem pequenas bolas que parecem uvas que mais tarde serão sacos polínicos e nas plantas fêmeas crescem fios brancos.

Como cultivar maconha hidropônica - Passo 7
Imagem: youtube.com
8

No final de eliminar todas as plantas macho tem que ser paciente e ir cuidando da sua plantação muito cuidadosamente. A floração poderá demorar até 14 semanas, consoante o tipo de planta, pelo que nesse tempo o habitat tem de ficar sempre controlado para que se dê uma floração boa e saudável.

9

Quando algumas folhas começarem a ficar amarelas e a cair não se preocupe, pois é sinal de que as plantas estão chegando à fase de colheita. Nessa altura deverá apenas regar com água, deixando os nutrientes de parte para que a sua erva não fique com sabor químico. Tente sempre controlar o pH, agora só da água.

Nota: caso as folhas e também parte do ramo começar a ficar também amarelo use apenas metade dos nutrientes na mistura porque são indícios de sobre dosagem de nutrientes

Como cultivar maconha hidropônica - Passo 9
Imagem: cannabiscafe.net
10

Saberá que está na altura de colher quando os cabelos brancos que identificou na escolha do sexo virarem cor âmbar. Pode cortar a planta toda ou pelos ramos, de seguida apare a gema para que não fique com folha nenhuma e pendure-as viradas para baixo em um local fresco até que ofereçam alguma resistência quando as apertar. Este processo demora cerca de 4-6 dias.

No final de secarem coloque-as num recipiente que não deixe entrar umidade durante 2 semanas. Certifique-se que todos os dias abre o recipiente para se dar alguma ventilação e as gemas respirarem. Não deixe entrar umidade pois criará mofo e as gemas estragam-se.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cultivar maconha hidropônica, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Conselhos
  • É ilegal plantar maconha no Brasil. Se vive no Brasil deve ter consciência que poderá estar a cometer um crime ao plantar maconha.

Escrever comentário sobre Como cultivar maconha hidropônica

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Venda de Sementes
Sementes estabilizadas e próprias para o cultivo, o único contato de venda de Sementes confiável no Brasil, faça já o seu pedido pelo Skype ou por email:
XXX@XXX.XXX
Jony
E de que espécie?

Como cultivar maconha hidropônica
Imagem: culturaverde.org
Imagem: semente-de-maconha-com
Imagem: extra.com.br
Imagem: rdc17.com.br
Imagem: youtube.com
Imagem: cannabiscafe.net
1 de 6
Como cultivar maconha hidropônica

Voltar ao topo da página