Partilhar

Como plantar astromélia - guia completo!

 
Por Nathália Oliveira. Atualizado: 19 março 2018
Como plantar astromélia - guia completo!

A astromélia é uma planta típica da América do Sul, muito presente em países como o Brasil, o Chile e o Peru. É uma planta bastante tropical e fica especialmente bonita no verão. Uma excelente opção para ter um jardim mais bonito e uma casa mais alegre. Além disso, astromélias são lindas flores para um buquê, principalmente para um casamento. As diversas cores ajudam a contrastar com o vestido branco da noiva, combinando o rústico com o elegante.

É uma flor bastante parecida com o lírio, sendo por vezes chamada de "mini lírio". Seja para ficar no jardim ou para dar um toque especial na decoração do lar, algumas dicas lhe ajudarão a obter sucesso no plantio e ter flores mais bonitas. Continue lendo nosso artigo em umCOMO e descubra como plantar astromélias passo a passo!

Também lhe pode interessar: Como cuidar de astromélia - guia completo!

Como cultivar astromélias em casa

O plantio das astromélias é feito usando sementes ou mudas. São plantas de desenvolvimento rápido, mas é importante não descuidar da manutenção para garantir seu pleno crescimento. Uma boa maneira de garantir a harmonia no crescimento da astromélia é pela poda, para que ela cresça de maneira uniforme por todo o terreno aonde foi plantada. Atente-se para uma irrigação mais cuidadosa nos dias mais quentes.

O solo precisa ser solto e bem adubado, e as mudas devem ser postas com espaçamento em torno de 50cm, caso você opte por plantar astromélia no jardim. Abra uma cova que corresponda ao tamanho do torrão e deposite-o cuidadosamente lá dentro. Cubra com terra, aperte levemente e regue. Mantenha o solo sempre úmido, nunca encharcado. Repita o processo com todas as mudas e pronto: sua plantação de astromélia está pronta para começar a crescer.

Não se esqueça de evitar o plantio das astromélias em locais que tenham ocorrência de geadas, pois são plantas tipicamente tropicais que não toleram o frio. Por conta do seu rápido desenvolvimento, elas podem acabar prejudicando plantas menores ao redor. Lembre-se de escolher um terreno bem espaçoso para plantar suas astromélias.

Além disso, a planta tem sua eflorescência entre a primavera e o verão - apesar disso, elas florescem o ano todo. As astromélias costumam crescer cerca de 20 a 25cm. Possuem caules eretos e com várias ramificações, com suas flores nascendo no topo dessas ramificações. Podem aparecer nas cores rosa, amarelo, lilás, laranja, vermelho e branco. Algumas também possuem riscos, traços ou manchas - isso é natural da própria planta, e não deve ser confundido com o aparecimento de pragas. Assim, escolha com cuidado aonde e quando plantar suas astromélias.

Como plantar astromélia - guia completo! - Como cultivar astromélias em casa

Como fazer muda de astromélia

A técnica de jardinagem de retirada de mudas de plantas serve para realizar novas plantações a partir de uma planta original. Chama-se estaquia e é uma técnica fácil, mas que exige bastante cuidado e atenção.

É indispensável que a tesoura usada no processo seja bem limpa, para evitar que possíveis fungos presentes na tesoura cheguem à planta. Após isso, basta cortar ramos da planta que já cresceram o suficiente e retirá-los junto com a raiz para que sejam replantados em outro lugar. Para ajudar no enraizamento, use um biofertilizante à base de estaca antes do plantio. Saiba mais no artigo como fazer estaquia.

Como cuidar de astromélia

As astromélias precisam ser cultivadas à meia-sombra ou sob pleno sol, e o solo precisa estar em boas condições para o plantio, ser drenável, rico em matéria orgânica, levemente ácido e regado com regularidade. Essas condições são fundamentais para a planta ter seu suprimento adequado de nutrientes, ficando mais forte e resistente ao aparecimento de pragas.

Plantadas no vaso, as flores são um pouco mais resistentes ao frio - ainda não podendo ser plantadas em lugares com ocorrência de geadas. Com adubações frequentes que podem gerar intensas florações, as astromélias conseguem suportar até mesmo curtos períodos de estiagem.

Ao perceber presença de fungos no meio da plantação das flores, reduza a irrigação e faça o uso de inseticidas naturais ou orgânicos. Também faça uso de inseticidas ao observar o aparecimento de lagartas, pulgões e cochonilhas. É importante lembrar que as flores que foram atingidas não podem ser recuperadas, fazendo-se necessária a eliminação de ramos doentes, de forma que a doença não avance ainda mais na planta. Bons exemplos desses inseticidas são a calda de fumo e o óleo de neem.

Em vasos, as astromélias sobrevivem por até duas semanas. Para ajudar na durabilidade da planta, corte sempre dois centímetros do caule, garantindo que sempre uma parte nova da planta esteja em contato com a água, que também deve ser trocada com regularidade. Dessa forma, se evita contaminações e outros problemas que podem vir a danificar a planta.

Algumas espécies de astromélias possuem raízes com féculas comestíveis e podem ser usadas até mesmo na fabricação de farinhas. No entanto, cuidado: antes de consumi-las, é preciso ter um amplo conhecimento sobre a flor, pois algumas espécies podem conter toxinas prejudicais à saúde humana.

Dica: Complemente esta informação com a leitura do artigo Como cuidar de astromélia.

Astromélia - significado

A astromélia tem um belíssimo significado: segundo o simbolismo, significam felicidade plena e amizade eterna. São plantas ideais para serem dadas como presentes em diversas ocasiões como, por exemplo, aniversários de amigos e família e também em datas comemorativas, como o Dia dos Namorados.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como plantar astromélia - guia completo!, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Escrever comentário sobre Como plantar astromélia - guia completo!

O que lhe pareceu o artigo?

Como plantar astromélia - guia completo!
1 de 2
Como plantar astromélia - guia completo!

Voltar ao topo da página