Partilhar
Partilhar em:

Como plantar caju

Como plantar caju

O caju é muitas vezes considerado como o fruto do cajueiro (Anacardium occidentale L), mas na verdade trata-se de um pseudofruto, ou seja, de um fruto falso. O que se conhece popularmente com o nome de caju pode-se dividir em duas partes: a castanha, que é o verdadeiro fruto do cajueiro e o pedúnculo floral, que é o que conhecemos como caju, apresentando um formato piriforme e uma cor amarelada, rosada ou avermelhada. O cajueiro é uma planta pertencente à família Anacardiaceae e é originário da região nordeste do Brasil. O fruto desta árvore é rico em vitaminas, fibras, nutrientes, proteínas, aminoácidos, fósforo, cálcio, lípidios e outros nutrientes, por isso é bastante benéfico para a sua saúde. Se quer plantar um cajueiro na sua horta para aproveitar a sua fruta e castanha, de seguida no umCOMO explicamos-lhe tudo o que precisa saber sobre como plantar caju.

Também lhe pode interessar: Como plantar melancia
Passos a seguir:
1

O cajueiro é uma árvore de baixa estatura, por isso pode ser plantado em pequenas áreas como chácaras, quintais de residências ou sítios. Por ser uma planta de clima tropical, o cajueiro adapta-se bem a climas quentes e secos, em que a temperatura média ronde os 27ºC. O cajueiro é uma planta sensível às temperaturas baixas, geadas e ventos frequentes, pois isso afeta de forma negativa o seu desenvolvimento e frutificação. Se na sua zona ocorrerem ventos frequentes, deve usar um quebra-ventos para proteger seu cajueiro.

2

Quanto ao tipo de solo ideal para plantar caju, é preferível realizar o plantio em solos profundos para permitir que as suas raízes se desenvolvam melhor, de preferência sem qualquer tipo de impedimento rochoso. Esta planta prefere os solos mais leves, pouco argilosos e com boa drenagem. Para além de uma boa drenagem ajudar a combater possíveis pragas e ervas daninhas, também pode aplicar cobertura morta onde for plantar o cajueiro para o mesmo fim. O plantio de caju em hortas domésticas não requer adubos químicos, normalmente a adubação orgânica com esterco bem curtido é suficiente para a planta se desenvolver melhor e contar com todos os nutrientes necessários.

3

Se desejar poderá fazer a germinação de sementes de caju. Para isso, deverá separar a parte da castanha da restante fruta. De seguida, enterre na terra apenas a parte debaixo e deixe a parte mais gorda de fora. Regue com frequência de maneira a manter sempre o solo úmido, mas não encharcado. Após algumas semanas, cerca de 3 semanas, as suas sementes vão brotar. Quando isso acontecer vai notar que a casquinha em cima vai cair sozinha e, a partir daí o seu pé de caju já vai começar a se desenvolver melhor. Deixe a sua muda de caju em pleno sol e regue com frequência mantendo sempre o solo úmido.

4

A melhor opção para plantar caju é através de mudas enxertadas, que normalmente vêm embaladas em sacos e tubos de plástico e podem ser encontradas em lojas especializadas em plantas e jardim. O plantio de caju através de sementes não é aconselhado pois o crescimento e desenvolvimento das plantas não seria uniforme.

5

Para plantar caju diretamente no solo deve preparar as covas cerca de 2 meses antes do plantio das mudas do cajueiro. Deve fazer covas de 40x40x40 cm e, se plantar mais de uma muda deve deixar um espaçamento de 7 metros entre covas. Coloque no fundo da cova o adubo orgânico e depois coloque terra de cima para acabar de encher a cova.

6

Normalmente a muda do cajueiro fica pronta para o transplante em 4 meses, que é quando apresenta algumas folhas verdes e saudáveis. Tenha cuidado ao rasgar o saco para não desmanchar o torrão. Caso a muda venha em tubos de plástico, deve molhar um pouco o torrão e depois bater o tubo numa superfície até ver que fica solto no interior. Depois abra um buraco na terra do tamanho do mesmo e coloque a muda, apertando depois bem a terra ao redor da muda. Coloque capim seco ao redor da muda do cajueiro.

Coloque em cada muda do cajueiro uma estaca e amarre, isso vai ajudar a proteger a planta de ventos, para além de ajudar a orientar o seu crescimento.

7

No primeiro ano de vida do cajueiro deve tirar os brotos do cavalo e aqueles que aparecem perto do local do enxerto. Para além disso, deve ir retirando plantas invasoras que possam aparecer e que estejam concorrendo por nutrientes e recursos.

8

A planta do caju também precisa ser podada para se desenvolver melhor, sendo necessários dois tipos de poda: a poda de formação e a poda de limpeza. Na poda de formação deve cortar os ramos laterais da planta, o que deve acontecer após o segundo ano do plantio do cajueiro. Enquanto que na poda de limpeza o objetivo é retirar todos os ramos secos, doentes ou com pragas, algo que é recomendável fazer todos os anos.

9

Você saberá que o seu caju (o pseudofruto) está pronto a ser colhido, quando a parte carnosa apresentar uma cor intensa e uma textura firme. Para colher o fruto deve fazer uma ligeira torção para que o pedúnculo se solte do ramo facilmente. Caso ele não se solte do ramo facilmente, então quererá dizer que ainda não está maduro o suficiente. A melhor altura do dia para retirar os frutos da árvore é quando as temperaturas estiverem mais amenas.

10

Agora que já sabe como plantar caju, já pode aproveitar para desfrutar desta fruta e castanha. O caju (a parte carnosa) pode ser consumido in natura, em sucos, geleias, doces e outras preparações. Enquanto que a castanha de caju só pode ser consumida torrada, caso contrário pode originar queimaduras na mucosa bucal.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como plantar caju, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como plantar caju

O que lhe pareceu o artigo?

Como plantar caju
1 de 3
Como plantar caju