Partilhar

Tipos de enxerto em um Bonsai

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Tipos de enxerto em um Bonsai

Os enxertos são as partes da planta (geralmente galhos) que se implantam ao porta-enxerto para que se desenvolvam, se alimentem e se transformem em plantas com o mesmo padrão. O enxerto é conhecido e praticado desde tempos imemoriais, e é o meio mais usado para a multiplicação das plantas lenhosas, que têm dificuldade de se propagar por meio de semente no mundo do Bonsai. Também no caso de algumas espécies frutíferas que não se multiplicam bem por meio de sementes. Por isso é necessário fazer enxertos, e a seguir explicamos para vocês os diferentes tipos de enxertos em um Bonsai.

Também lhe pode interessar: Como podar um bonsai

Enxerto de estaca em um Bonsai

Para conseguir um bom resultado no processo de enxerto em um Bonsai a planta deve ter seiva e a estaca deve estar em repouso vegetativo. As estacas costumam ser cortadas antes, nos meses do inverno, e conservadas em um lugar frio enterradas na areia. Podem ser conseguidas de agosto a outubro. Com a faca curvada partiremos o galho do porta-enxertos pela metade. Depois efetuaremos dois cortes em bisel na estaca, como uma haste, depois colocaremos a haste alinhando ambas as cascas. A estaca deve estar presa bem forte com ráfia ou com fita plástica de enxertos, e no fim deve-se cobrir a superfície ao redor, cortada ou com uma incisão, com uma camada leve de cera de enxertos para impedir que se desidrate.

Enxerto de aproximação em um Bonsai

Permite reunir duas árvores entre si, com o fim de substituir depois os galhos que faltam ou de proteger os vegetais difíceis de obter por meio de outros métodos de multiplicação. Efetua-se no início da primavera para coincidir com o ciclo natural. Deixa-se o enxerto unido ao porta-enxertos até que formem apenas uma planta. O enxerto e o padrão podem proceder da mesma árvore. Eliminar a casca do enxerto e do porta-enxertos em um comprimento de 3 cm. Aplicar depois uma contra outra, as duas partes sem casca. Amarrar com ráfia e pintar com cera de enxertos. Copiar diretamente o modelo da Natureza é o método mais antigo e mais simples.

Enxerto de coroa em um Bonsai

Usa-se somente em árvores grandes. É o tipo usado para obter os bonsais de tronco múltiplo e para melhorar o aspecto das árvores velhas. Pratica-se durante a primavera. O diâmetro do enxerto ou haste deve ser menor do que o do porta-enxertos ou padrão. Fazer uma incisão de mais ou menos 3 cm no tronco do porta-enxertos e inserir nela a haste. Podem ser inseridos vários enxertos sobre um mesmo padrão. Aplica-se depois a cera de enxertos e amarra-se com ráfia.

Enxerto de gomo em um Bonsai

A operação deve ser feita com muito cuidado para não danificar os tecidos; é melhor trabalhar usando uma espátula especial, provista de um tipo de tesoura ou com a ponta da tesoura trabalhando com a parte contrária à cortante. Ao fechar de novo os lábios sobre o escudo em sua posição original, já podemos amarrar a ráfia. Quando o gomo tiver crescido, corta-se o porta-enxertos e elimina-se qualquer broto que apareça em outras partes.

Enxerto lateral em um Bonsai

Pratica-se em árvores de folha persistente, no verão. Faz-se um corte de uns 5 cm na parte baixa do tronco do porta-enxertos (para que, mais tarde, a terra esconda o ponto de enxerto), corta-se o galho (enxerto) em bisel e introduz-se no corte. O enxerto brotará na primavera seguinte. Então, corta-se o porta-enxertos em bisel, por cima do enxerto, para separá-los.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Tipos de enxerto em um Bonsai, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Conselhos
  • O enxerto terá funcionado no final do outono. Nesse momento, separa-se o enxerto do padrão, cortando a parte deste último logo acima do ponto de aproximação.

Escrever comentário sobre Tipos de enxerto em um Bonsai

O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de enxerto em um Bonsai
Tipos de enxerto em um Bonsai

Voltar ao topo da página