menu
Partilhar

Como cuidar da suculenta colar-de-pérola

 
Por Redação umCOMO. 25 fevereiro 2021
Como cuidar da suculenta colar-de-pérola

Todas as plantas precisam de uma série de cuidados para gozar de boa saúde, crescer e florescer. A suculenta colar-de-pérola (Senecio rowleyanus) não foge à regra: pertence à família Asteraceae e destaca-se visualmente por ficar pendurada, ganhando popularidade no mundo da jardinagem por conta de sua aparência. Por ser originária da África do Sul, esse fator deve também ser levado em consideração para um cuidado correto da planta.

Saber onde posicionar a suculenta colar-de-pérola e o ter cuidado com aspectos importantes como a luz, temperatura e irrigação são essenciais para seu bem-estar e desenvolvimento. Não sabe quais são as necessidades vitais dessa planta? Para descobrir como cuidar da suculenta colar-de-pérola, recomendamos que você continue lendo este artigo prático do umCOMO sobre como cuidar da suculenta colar-de-pérola, no qual você também aprenderá como a planta suspensa se reproduz e porque ela seca.

Também lhe pode interessar: Como cuidar de suculentas

Qual o melhor local para colocar a suculenta colar-de-pérola

Um dos principais cuidados que se deve ter com a suculenta colar-de-pérola tem relação com a luz e a localização. Ela precisa estar posicionada em áreas muito claras para crescer. Portanto, é importante que você coloque-a em ambientes com incidência de luz natural permanente ou próxima a uma janela. Evite colocá-la em grandes áreas sombreadas se não quiser que murche.

Ao notar que as folhas da planta suculenta perdem a cor, escurecem ou amolecem, mova-a para um local claro, como uma varanda ou terraço, para que ela receba a luz do sol.

Como cuidar da suculenta colar-de-pérola - Qual o melhor local para colocar a suculenta colar-de-pérola

Qual é a temperatura ideal para a suculenta colar-de-pérola

A temperatura ideal para a suculenta colar-de-pérola oscila entre os 16oC e os 25oC. Mesmo assim, elas resistem a temperaturas ainda mais altas se estiverem protegidas do contato direto com os raios solares.

Porém, elas não toleram as baixas temperaturas e, por isso, você deve evitar deixá-las expostas por muito tempo a temperaturas inferiores aos 10ºC. Assim, a saúde da planta não fica comprometida e você evita que ela acabe morrendo.

Como cuidar da suculenta colar-de-pérola - Qual é a temperatura ideal para a suculenta colar-de-pérola

Como regar a suculenta colar-de-pérola

Saber regar a suculenta colar-de-pérola vai permitir que você a mantenha sempre saudável e sem o risco de afogá-la. Deve-se evitar o excesso de umidade para que as raízes não apodreçam e acabem provocando a morte da planta.

O substrato deve ser mantido ligeiramente úmido, mas sem exageros. Uma maneira de detectar rapidamente que ele requer mais água é observando suas folhas: funciona como bandeira vermelha quando elas perdem a forma redonda ou oval.

Levando tudo isso em consideração, regue a suculenta colar-de-pérola a cada 10 ou 15 dias durante a maior parte do ano, e uma vez por semana no verão. A irrigação por imersão é uma opção interessante porque a água que a planta deixa de absorver é drenada, evitando-se a formação de poças no vaso.

Recomendamos que você dê uma olhada neste outro post sobre como cuidar de suculentas pendentes.

Como podar a suculenta colar-de-pérola

Podar e adubar essa planta também faz parte dos conhecimentos necessários sobre como cuidar da suculenta colar-de-pérola ou Senecio rowleyanus.

Para podar a suculenta colar-de-pérola, é imprescindível o uso de tesouras desinfetadas que vão protegê-la de doenças causadas principalmente por fungos e bactérias. Você deve remover os caules mortos, ou seja, aqueles que você perceber que estão secos e também aqueles que você perceber que estão amolecidos (podres), para favorecer seu desenvolvimento posterior.

Como cuidar da suculenta colar-de-pérola - Como podar a suculenta colar-de-pérola

Como adubar a planta suculenta colar-de-pérola

A planta suculenta colar-de-pérola necessita de um substrato capaz de drenar bem a água que sobra da irrigação, mas não se esqueça que a melhor forma de adubar a planta é usando adubo com matéria orgânica. Para melhorar a qualidade do substrato em relação aos nutrientes, opte por adicionar o adubo orgânico como, por exemplo, uma pequena quantidade de húmus de minhoca. Você também pode investir em um adubo líquido, mas sempre certificando-se de que ele seja pobre em nitrogênio (já que amolece a suculenta) e rico em potássio e fósforo. Você pode fertilizar a suculenta algumas vezes por ano, na primavera e no verão.

Aqui te contamos como fazer adubo natural.

Como transplantar a planta suculenta colar-de-pérola

Aprender a transplantar as suculentas suspensas corretamente é muito importante se você quer descobrir, principalmente, tudo sobre como cuidar da suculenta colar-de-pérola, pois será necessário trocá-la de vaso de tempos em tempos. Você deve fazer isso com bastante cuidado, pois a cadeia de pérolas de suas folhas chega a se desfazer com bastante facilidade. Você vai precisar transplantar a planta em períodos de 3 anos.

Como reproduzir a suculenta colar-de-pérola

Saber como cortar a suculenta colar-de-pérola é essencial para que você possa reproduzi-la. Siga os passos para isso:

  1. Corte apenas as hastes e tente remover cinco centímetros das folhas.
  2. Tomando os cortes anteriores como referência, replante o caule no substrato.
  3. A grande vantagem do replantio desses caules é que eles são muito pequenos, por isso não requerem muito tempo para curar as feridas.
  4. Dentro de 2 a 6 semanas, a planta criará raízes e a suculenta colar-de-pérola terá se reproduzido.

Te convidamos a ler mais sobre as suculentas no nosso artigo como cultivar suculentas.

Como cuidar da suculenta colar-de-pérola - Como reproduzir a suculenta colar-de-pérola

Por que a suculenta colar-de-pérola seca

Quando a suculenta colar-de-pérola seca é porque existe algum problema com a frequência da irrigação ou, caso ela esteja sendo feita de maneira correta, com a exposição excessiva da planta ao sol. Seja qual for o motivo, ela vai precisar de mais água do que está recebendo.

Você não deve confundir a moderação entre uma rega e outra na suculenta com esquecer de irrigá-la. Por ser uma planta tipo suculenta, a colar-de-pérola precisa de pouca água para se manter saudável e crescer. Além disso, ela costuma resistir a grandes períodos de seca devido ao acúmulo de água em suas folhas.

Devido a essas características próprias da planta, a irrigação às vezes é negligenciada e o substrato acaba secando completamente por bastante tempo. A terra não pode estar excessivamente úmida, mas também não pode ficar seca por muito tempo, pois isso acaba causando a morte da planta: ao não receber água da terra, ela consome aquela que ficou armazenada em suas folhas arredondadas, até que o recurso chegue ao fim e ela acabe morrendo. Se a sua suculenta está morrendo, descubra como salvá-la no nosso outro artigo sobre o tema.

Você pode checar o estado do substrato da planta ao colocar o dedo ou um palito de madeira dentro do vaso, afundando por alguns centímetros. Quando detectar que ele está bastante seco, é o melhor momento para regar a planta.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cuidar da suculenta colar-de-pérola, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como cuidar da suculenta colar-de-pérola
1 de 5
Como cuidar da suculenta colar-de-pérola

Voltar ao topo da página