Partilhar

Como saber se a raiz da orquídea está morta

 
Por Ketlyn Araujo. 28 outubro 2020
Como saber se a raiz da orquídea está morta

Apesar de demandarem diferentes cuidados de acordo com a espécie, todas as plantas precisam de uma atenção básica para que possam crescer fortes e saudáveis. Quem tem plantas em casa deve enxergá-las com responsabilidade, pois, caso contrário, em pouco tempo elas podem estragar e entrar em uma situação crítica, chegando inclusive a morrer. Há ocasiões em que é inevitável que a planta morra, enquanto em outras é necessário recorrer ao tempo para recuperá-las. É importante, então, conhecer formas de recuperar uma planta, já que a maioria delas acaba ficando novamente saudável, caso isso seja feito rapidamente e de maneira correta.

No caso das orquídeas, que são uma das plantas com flores mais populares para se ter dentro de casa, muitas vezes podem ser bastante delicadas de cuidar e, caso a gente não conheça muito bem suas necessidades, podem sofrer por conta de diferentes problemas, como: secar por falta de água ou luz solar em exagero, se afogar por excesso de irrigação, ficar sem as folhas, contrair pragas ou doenças, etc. Se o seu problema está relacionado a uma orquídea que está morrendo, no umCOMO recomendamos que você siga lendo este artigo para descobrir como saber se a raiz da orquídea está morta.

Também lhe pode interessar: Como fazer adubo para orquídea florir

Como recuperar uma orquídea seca

Recuperar uma orquídea ressecada é possível sem grandes problemas, a não ser que ela esteja seca quase que completamente e há muito tempo, o que vai tornar muito mais difícil a tarefa de revivê-la, ainda que não seja impossível. Anote as dicas a seguir sobre como recuperar uma orquídea seca:

  • Comece retirando as folhas e/ou hastes (caule) que você notar que estão totalmente secos.
  • Tenha em mente que essa planta precisa ser regada uma vez por semana quando o clima é ameno e sem chuvas abundantes, dando tempo para que a água escoe completamente entre uma rega e outra. Se você não cumprir com essa frequência, pode ser que ela acabe secando, principalmente nos meses mais quentes do ano.
  • Se a orquídea entrou em uma situação crítica, você deve regá-la com urgência. Certifique-se de que todo o substrato está úmido e de que você consiga ver todas as raízes verdes em vez de brancas, porque isso sinaliza quando elas estão secas. Deixe a água escoar conforme necessário antes de colocar o vaso de volta no suporte ou prato decorativo, pois isso evita que a água fique retida e as raízes encharcadas.
  • Uma vez que você tenha regado a orquídea, recrie o ambiente necessário para que ela continue forte – comece fornecendo umidade à planta borrifando água em suas folhas. Dessa forma, ela estará em condições ambientais muito mais favoráveis e as folhas poderão fazer o processo de fotossíntese com muito mais facilidade. Porém, evite molhar as folhas da orquídea quando ela estiver recebendo luz solar direta: melhor fazer isso em uma área de sombra ou dentro de casa, sempre aguardando que as folhas sequem antes de voltar a colocá-la em uma área ensolarada, seja na janela ou externamente. Se a luz solar intensa incidir nas folhas molhadas, elas vão se queimar.

Seguindo essas dicas sobre como recuperar orquídea seca, você vai ver que, com o passar dos dias, as raízes, o caule e as folhas que estavam secando vão recuperando a cor e a vivacidade, desde que você continue regando a planta e evite colocá-la na luz solar forte e direta. Além disso, recomendamos que você leia este post sobre como cultivar e regar orquídeas para que você aprenda ainda mais sobre o tema.

Como saber se a raiz da orquídea está morta - Como recuperar uma orquídea seca

Como recuperar uma orquídea com raízes secas

Se a planta está com as raízes secas, é possível recuperá-la mediante a técnica do saco e do musgo (esfagno). Trata-se de um truque no qual, de um lado, você usa musgo esfagno molhado na intenção de fornecer umidade à planta e, do outro lado, você usa um saco plástico com objetivo de criar uma espécie de efeito estufa, formando assim um ambiente úmido alto e suspenso. Esse método também é eficiente caso a sua dúvida seja como recuperar uma orquídea que quase não tem raízes e elas estão secando, visto que esse tratamento profundo é uma boa forma de ajudar a planta a crescer e desenvolver mais raízes. Siga o passo a passo para recuperar uma orquídea com raízes secas:

  1. Remova os restos de substrato presos nas raízes das plantas;
  2. Use tesouras específicas para poda, desinfetadas, para cortar as raízes mais secas, as que estiverem mortas, com aspecto de madeira ou escurecidas;
  3. Prepare uma bacia com água morna, adicione um enraizador para orquídeas (hormônios de crescimento) e evite o uso de fertilizantes nesse processo;
  4. Mergulhe a planta na mistura de água e enraizador durante uma hora;
  5. Enquanto isso, pegue um saco plástico que seja maior que a planta e que seja transparente (isso é importante para que você possa observar o progresso) e coloque o musgo esfagno umedecido em um canto do saco;
  6. Tire a planta da água e coloque um pouco de fungicida na área das raízes;
  7. Coloque a planta no saco de maneira que as raízes fiquem no outro canto do saco, sem entrar em contato direto com o musgo;
  8. Feche por completo o saco com a planta dentro, tomando cuidado para não esmagá-la, e feche bem com uma pinça;
  9. Coloque a mini estufa que você acabou de criar em um local quente e bem iluminado da casa, mas sem que a planta fique em contato com a luz solar direta;
  10. Espere algumas semanas e, quanto notar que a planta está com algumas novas raízes de cerca de 2 ou 3 centímetros, você já poderá transplantá-la. Durante esse tempo você terá de observar o crescimento da planta sem abrir o saco para certificar-se de que está tudo bem. Se, por exemplo, você notar a presença de manchas brancas, significa que surgiram fungos e que alguma parte do processo não foi feita corretamente. Nesse caso, você terá de abrir o saco e colocar mais fungicida.
Como saber se a raiz da orquídea está morta - Como recuperar uma orquídea com raízes secas

Como recuperar uma orquídea murcha ou afogada

Recuperar uma orquídea que está podre por excesso de água, má drenagem ou má ventilação das raízes é um desafio para qualquer pessoa ligada em jardinagem. No umCOMO te contamos o passo a passo sobre como recuperar uma orquídea afogada:

  1. Retire a orquídea do vaso, tomando cuidado especial com as raízes;
  2. Se a sua planta conta com hastes de flores (laterais) e se encontra apodrecida ou afogada, o mais provável é que ela já não tenha nenhuma flor, ainda que pode ser que ela esteja começando a formar novas. O melhor, em todo caso, é cortas essas hastes, porque a saúde da própria planta está comprometida e neste estado não pode gastar energia para florescer, se o fizer, a parte principal da planta morrerá. Portanto, com tesouras de poda desinfetadas, corte as hastes das flores para facilitar a recuperação da orquídea murcha. Coloque um pouco de canela em pó nos cortes feitos nas hastes, pois isso ajuda a curar a lesão e evitar que fungos entrem nessa área.
  3. Corte também todas as raízes que você notar que estão em muito mau estado. Pode ser que elas estejam enegrecidas ou castanhas, com a parte exterior seca, mas com o centro da raiz, o fio principal no interior, completamente podre. Deixe apenas aquelas que você enxerga em bom estado, que são verdes ou esbranquiçadas;
  4. Em um novo vaso ou no mesmo, porém lavado, desinfetado e seco, coloque a orquídea deixando do lado de dentro as raízes que devido ao seu formato podem entrar bem no vaso e deixando de fora as que não conseguem. Ou seja: não temos que forçá-las porque, se o fizermos, elas vão acabar partindo. Lembre-se de que as orquídeas têm raízes aéreas por essência;
  5. Com a planta bem posicionada e centralizada, comece a colocar o novo substrato para orquídea, ou seja, não reaproveite o antigo porque ele terá excesso de água acumulado e, com certeza, contará com a presença de fungos. Esse novo substrato deve ser feito, principalmente, de casca de pinheiro. Preencha os buracos até que todo o vaso esteja cheio e veja se a planta aguenta;
  6. Se a planta não ficar bem firme, pode-se colocar um pedaço de pau como suporte ou guia, tomando cuidado para não danificar as raízes;
  7. Coloque um pouco de musgo ou esfagno na superfície e nas áreas com raízes;
  8. Como já eliminamos as partes com excesso de água e que estavam apodrecidas, agora é hora de vitalizara planta. Borrife água e um produto revigorante para plantas nas folhas, principalmente na parte de baixo;
  9. Coloque a orquídea em um local iluminado, mas sem estar em contato direto com os raios solares (pelo menos não enquanto ela não estiver mais saudável);
  10. Comece a regar a planta normalmente depois de um ou dois dias, quando tiver certeza de que já não há mais áreas com muita água retida.

Em tempos mais quentes é primordial prestar atenção na sua orquídea, por isso, não deixe de ler também o nosso artigo sobre como cuidar de orquídeas no verão.

Como saber se a raiz da orquídea está morta - Como recuperar uma orquídea murcha ou afogada

Como recuperar uma orquídea sem folhas

Quando descuidamos de uma orquídea, pode ser que ela perca suas folhas ou a maioria delas, o que indica que sua saúde está comprometida. Para saber o que fazer nessa situação e o passo a passo sobre como recuperar uma orquídea sem folhas, siga as instruções:

  1. Retire qualquer haste de flor ou caule lateral que estiver muito danificado, ou que você souber que já tiveram uma flor anteriormente, pois elas não serão mais formadas e vão configurar um desperdício desnecessário de energia para a planta durante todo o tempo de secagem e queda. Guarde apenas aquelas que são mais novas, ainda não floresceram e estão em boas condições. Da mesma forma, se você mantiver alguma folha solta em bom estado, deixe-a lá, mas se vir que tem alguma em mau estado, corte-a;
  2. Coloque a orquídea em uma área iluminada para favorecer seu crescimento. Se ela estiver em um ambiente interno, coloque-a em uma janela e deixe-a a pelo menos um palmo de distância da luz solar direta, para evitar que o sol a queime com o efeito de prisma;
  3. Borrife água na planta diariamente, aumentando dessa forma os níveis de umidade do ambiente;
  4. Para acelerar a recuperação da orquídea, você pode borrifar na planta um revigorante especial para esse tipo de planta. Dessa forma, novos caules ou hastes serão formados e a saúde da orquídea será reativada. Se algum caule, haste floral ou folha sobrar, mesmo que pequena, aproveite para usar o produto justamente nessas áreas, para fazer ainda mais efeito;
  5. Por último, adicione um pouco de fertilizante específico para orquídeas no substrato, e procure controlar os níveis de irrigação e drenagem. Pouco a pouco a planta vai se recuperando, e você começará a notar a presença de folhas novas.

Para que você aprenda ainda mais sobre os cuidados com as orquídeas, te convidamos a ler estes outros artigos com dicas para cuidar de orquídeas e mini orquídeas.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se a raiz da orquídea está morta, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se a raiz da orquídea está morta
1 de 4
Como saber se a raiz da orquídea está morta

Voltar ao topo da página