Partilhar

Como salvar cactos morrendo

 
Por Ketlyn Araujo. 14 maio 2020
Como salvar cactos morrendo

Os cactos são uma das espécies vegetais mais peculiares da natureza. Se estiverem em um ambiente adequado, podem viver por muitos anos em perfeito estado. Isso porque contam com espinhos capazes de protegê-los de perigos naturais, como a seca, além de requererem pouca água, já que são plantas suculentas (ou grosseiras) que acumulam líquido durante longos períodos de tempo.

Apesar disso, como pode acontecer com qualquer outro tipo de planta, cactos também podem murchar com o tempo ou sofrer acidentes, o que pode danificá-los. Para reparar os danos e ajudar a planta a se recuperar, basta seguir algumas dicas simples. Se você notou que seu cacto está murchando e deseja salvá-lo, preste atenção nos conselhos apresentados neste artigo do umCOMO. A seguir, vamos te ensinar como salvar cactos morrendo.

Também lhe pode interessar: Minha suculenta está morrendo, o que fazer?

Cacto morto ou doente?

Quando alguns aspectos do ambiente não estão adequados, como o calor ou a umidade, ou quando não cuidamos muito bem das plantas que temos em casa, cactos podem acabar murchos, ressecados, podres, cheios de pragas, enfraquecidos devido à falta de luz solar ou queimados devido ao excesso de luz solar, quando não mortos de vez. Se isso acontecer, é importante prestar atenção nos sintomas que a planta apresenta e saber como resolvê-los. Aqui, você vai conhecer alguns dos principais sinais e causas de cactos doentes, bem como ideias para começar a tratá-los.

Cacto murcho

Para saber se um cacto está murcho, observe se suas folhas estão meio caídas, um pouco enrugadas ou talvez encolhidas, e isso varia de acordo com a quantidade de água que está em falta na planta. Se quiser comprovar ainda mais que o cacto murchou, preste atenção na terra do vaso: se ela estiver completamente seca e capaz de manipular com os dedos, é sinal de que a planta precisa de água. Um cacto seco, que muda até sua tonalidade para o marrom, vai precisar de uma boa hidratação.

Cacto apodrecendo

Também pode ser que o seu cacto esteja podre e, geralmente, isso pode ser notado ao identificar partes da planta que estão com a coloração marrom ou preta, geralmente ocasionadas por excesso de água ou presença de fungos no local. Nesses casos, é aconselhável cortar essas partes das plantas com auxílio de uma tesoura, ou então trocar a terra excessivamente úmida por uma nova. Assim, o cacto poderá voltar ao seu estado natural e permanecer vivo.

Pragas nos cactos

Muitas vezes, as pragas chegam até as plantas na intenção de se alimentarem delas, o que pode causar danos. Nos cactos, o diagnóstico pode ser feito ao notar folhas mordidas ou roídas. Além disso, alguns insetos considerados pragas podem deixar manchas amareladas, mofo ou teias de aranha nos espinhos do cacto. Alguns produtos, como o álcool isopropílico, são capazes de eliminar essas pragas - neste outro artigo do umCOMO, explicamos quais são as pragas de cactos mais comuns.

Além disso, pode ser que você ainda tenha de lidar com outros problemas no seu cacto, como as doenças causadas por fungos. Nesses casos, o mais comum é o surgimento de manchas brancas nas folhas da planta.

Problemas com a luz solar

O excesso ou a falta de luz solar também podem afetar o estado do seu cacto, a ponto de deixá-lo ressecado ou até queimar as folhas. Se o problema for falta de iluminação, você vai notar as folhas da planta menos espessas, ou com algumas partes pontiagudas. Já se o problema for excesso de luz solar, o cacto apresentará partes mais amareladas. Em ambos os casos, o ideal é realocar a planta para que ela possa receber sol ou sombra nas quantidades certas.

Se o cacto estiver totalmente seco (de cor marrom ou amarelada, e até se desfazendo quando é tocado), ou se estiver completamente murcho ou escuro, é sinal de que ele está praticamente morto, e quase impossível salvá-lo. Por outro lado, se apenas algumas partes da planta estão afetadas dessa forma, ou se o problema for uma praga, como mencionamos acima, pode ser mais simples revivê-lo.

Como salvar cactos morrendo - Cacto morto ou doente?

Como salvar cactos morrendo

Cada um dos problemas citados acima fazem com que o cacto fique bastante debilitado ou chegue a morrer, já que eles impossibilitam a planta a crescer de forma saudável. A seguir, vamos apresentar uma série de conselhos para que você saiba como salvar cactos morrendo de um jeito simples. Para isso, você só vai precisar de terra nova, alguns instrumentos de jardinagem, um vaso ou recipiente:

  • Regue o cacto murcho com a quantidade necessária de água, ou seja, suficiente para que a planta não fique encharcada. Para saber se ele precisa ser regado, observe se a terra do vaso está completamente seca, afundando o próprio dedo ou um palito de madeira por cerca de dois centímetros dentro do solo. A frequência com a qual você deve regar suas plantas costuma variar, ainda, de acordo com as estações do ano. Embora isso dependa do clima e da região, de março a setembro a planta deve ser regada uma vez por mês, enquanto que de outubro a fevereiro, duas vezes por mês.
  • Troque a terra por uma nova no caso de um cacto que apodreceu, pois será necessário eliminar toda a água acumulada no solo, ou substituí-lo por um no qual não existam pragas ou outros problemas. Essa terra deve ser misturada ao solo do jardim, turfa (um material à base de carbono) e areia grossa ou vulcânica, para que a planta tenha um bom sistema de drenagem, impedindo que ela fique encharcada.
  • Verifique a temperatura do ambiente, já que o frio costuma não ser bom para os cactos, podendo deteriorá-los. É mais conveniente deixar essas plantas em áreas ventiladas, mas sem que recebam correntes de ar frio, principalmente durante o inverno.
  • Troque o cacto de vaso ou recipiente quando ele estiver apodrecendo ou você perceber que o solo está muito seco, com dificuldade de se manter úmido até quando é regado. É igualmente importante cortar as raízes mortas da planta caso você faça o procedimento de trocá-la de vaso. Além disso, não se esqueça de que os vasos e recipientes de barro contribuem para a ventilação e boa hidratação dos cactos, motivo pelo qual o material é o mais recomendado.
  • Use fertilizantes durante os meses de maior atividade da planta, que costuma acontecer na primavera e no verão. Recomenda-se o uso de um fertilizante que tenha pouca quantidade de nitrogênio em sua composição, devido às necessidades específicas dos cactos.

Como cuidar dos cactos

Agora que você já sabe como salvar cactos morrendo, deixamos com algumas dicas básicas para que você possa cuidar dos cactos em casa:

  • Regue a terra uma vez por semana durante o primeiro mês, se o cacto foi comprado recentemente e estiver na fase de crescimento ou tiver sido replantado para outro vaso, ele começará a criar novas raízes.
  • Escolha um vaso ou recipiente que tenha um bom sistema de drenagem.
  • O solo do jardim, a areia grossa e a turfa negra são ideais para manter a planta em boas condições, pois permitem que ela se mantenha hidratada e úmida pelo tempo necessário, sem facilitar o alagamento.
  • Deixe o cacto em uma área na qual ele possa receber luz solar direta, mas não durante o dia todo, e evite colocá-lo na luz solar durante as horas em que ela é naturalmente mais forte.
  • Verifique o estado do seu cacto logo nas primeiras semanas. Se você notar que ele começou a ressecar, queimar ou apodrecer, corte as partes que estiverem muito moles ou muito secas, conforme necessário, e mova-o para uma área mais adequada do ambiente, ajustando a irrigação.
  • Troque o vaso ou recipiente do cacto por um maior quando perceber que a planta está começando a ficar sem espaço ou que suas raízes estão aparecendo pelos orifícios de drenagem do vaso.

Esperamos que esses conselhos sobre como salvar cactos morrendo te ajudem a saber em que estado se encontra a sua planta, bem como o que é possível fazer para recuperá-la. Além disso, para que você tenha mais conhecimento sobre como cuidar dos cactos, te recomendamos começar com alguns dos mais populares. Confira as dicas do nosso post sobre como ter cactos bonitos.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como salvar cactos morrendo, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Escrever comentário sobre Como salvar cactos morrendo

O que lhe pareceu o artigo?

Como salvar cactos morrendo
1 de 2
Como salvar cactos morrendo

Voltar ao topo da página