Partilhar

Como cuidar da planta pata-de-elefante

 
Por Ketlyn Araujo. 30 setembro 2020
Como cuidar da planta pata-de-elefante

Todas as plantas precisam de uma série de cuidados para que se desenvolvam, cresçam e se reproduzam corretamente. Conhecer as necessidades das plantas e cuidar delas adequadamente é mais simples quando levamos em conta cultivos específicos e típicos de seus territórios originais, pois se adaptam perfeitamente àquele ambiente, já que nasceram lá. Porém, há bem mais desconhecimento sobre os cuidados com as plantas de outros lugares e, por isso, é também importante estar igualmente informado sobre elas.

Neste artigo do umCOMO queremos falar sobre uma planta tropical: a pata-de-elefante, também conhecida por nolina. Essa planta é originária do México e chega a alcançar uma altura de 10 metros em áreas originais, mas quando plantada em vaso não supera um metro e meio de altura. Se você quer descobrir como cuidar da planta pata-de-elefante, bem como conhecer as pragas e problemas mais comuns e tratamentos necessários para manter a espécie sempre saudável, recomendamos que você continue lendo este artigo – não importa se você vive em um país tropical, clima mais adequado para a nolina, ou em áreas com outros tipos de clima.

Também lhe pode interessar: Como cuidar da planta do dinheiro

Irrigação

Um dos principais perigos para a saúde da nolina, nome pelo qual a pata-de-elefante também é conhecida, é regá-la exageradamente, ou deixá-la úmida por vários dias, já que é uma planta suculenta que armazena água em suas raízes e na parte baixa do tronco.

Assim, entre os principais cuidados com a planta pata-de-elefante, você deve levar em conta que ela não precisa ser muito regada: faça isso 2 vezes por semana, nas temporadas de altas temperaturas e crescimento. No inverno, reduza a frequência de irrigação da pata-de-elefante para que sua saúde não fique prejudicada. Você pode checar a necessidade de água da planta facilmente a cada período: para isso, basta inserir um dedo em seu substrato e, caso sinta a terra seca em 3-4 cm, opte por regar a planta.

Além disso, recomendamos aqui no umCOMO que, cerca de 10 ou 20 minutos após você regar a planta, retire a água acumulada no pratinho colocado embaixo do vaso, caso você faça uso de um. Assim, você vai evitar que o substrato da pata-de-elefante receba mais umidade do que ela necessita. Também aconselhamos que você leia este outro post sobre como cuidar de suculentas.

Como cuidar da planta pata-de-elefante - Irrigação

Luz

Saber bem quais são os cuidados da planta pata-de-elefante pode não parecer tão simples assim, mas vamos te ajudar a descobrir todos eles. Após você aprender sobre a irrigação, seguimos com um dos hábitos mais importantes: a luz. Cultivada em áreas externas, ela vai crescer melhor quando colocada na luz solar e com um pouco de sombra.

Por outro lado, caso você cultive a pata-de-elefante em ambiente fechado, terá de posicioná-la na área mais iluminada da casa, para que ela possa receber os raios solares que necessita para crescer. Se você tiver colocado a planta em uma área interna, mas em algum momento precisar colocá-la em ambiente externo, evite que ela fique em contato direto com o sol e, logo, coloque-a na meia-sombra. Na primavera você pode colocar a pata-de-elefante em áreas ensolaradas, desde que o impacto da luz solar não atinja a planta nas horas de sol mais forte.

Se você tem dúvidas sobre quais plantas colocar no interior o no exterior da sua casa, recomendamos que você dê uma olhada neste outro post do umCOMO sobre plantas resistentes ao sol e ao frio.

Como cuidar da planta pata-de-elefante - Luz

Adubo

A quantidade de adubo para a planta pata-de-elefante deve ser escassa, já que seu crescimento é lento. Por isso, trate de adubar a planta 1 vez por mês, nos meses mais quentes, e isso será suficiente. Já nos meses frios o melhor é não adubá-la, a não ser que você decida mudá-la de vaso por algum motivo – melhorando, neste caso, a qualidade do substrato.

Sobre o tipo de adubo que você deve usar, opte por um que seja natural ou orgânico. Aqui, você pode aprender como faze adubo natural.

Como cuidar da planta pata-de-elefante - Adubo

Temperatura

Outro aspecto vital nos cuidados com a planta pata-de-elefante é a temperatura do ambiente na qual ela ficará. Entre as principais razões pelas quais a nolina é muito cultivada em ambientes fechados está o frio, pois as temperaturas baixas são um dos maiores perigos para essa planta. Por ser de origem tropical, ela precisa ser mantida em temperaturas mais quentes ou, pelo menos, altas.

A planta pata-de-elefante não suporta temperaturas inferiores aos 10 oC. Por isso, sua faixa ambiental ideal oscila entre os 18 oC e os 26 oC. Procure manter a espécie sempre nessas temperaturas, para que seu estado não seja afetado pelo clima.

Poda

A poda da planta pata-de-elefante não costuma ser feita para guiar ou limitar seu crescimento, mas sim para manutenção básica. Você terá de remover as folhas que naturalmente estão machucadas ou secaram. Caso você precise fazer uma poda na planta nolina, seja por conta de espaço, praga ou para simplesmente manter a limpeza das folhas, siga as dicas abaixo:

  • Desinfete as tesouras de poda antes e depois de usá-las.
  • Elimine as folhas mortas e corte as pontas daquelas que estão com um tom amarronzado. Elimine, também, as que você notar que estão podres ou com pragas difíceis de remover.

Como fertilizar a planta pata-de-elefante

O melhor fertilizante para esta planta é granulado e de liberação lenta. Você deve fertilizá-la duas vezes por ano: uma vez no início da primavera e uma vez quando o verão começar. Além disso, os níveis de nitrogênio devem ser muito baixos.

Como explicamos anteriormente, a pata-de-elefante é uma planta de crescimento lento. Não tente acelerar seu desenvolvimento aplicando mais fertilizante do que ela necessita. Do contrário, você corre o risco de queimar as pontas das folhas. Além disso, lembre-se de que o fertilizante deve ser aplicado para dar mais força à planta durante o crescimento, ou para ajudá-la a se recuperar de alguma enfermidade

Como cuidar da planta pata-de-elefante - Como fertilizar a planta pata-de-elefante

Pragas e doenças da planta pata-de-elefante

Para saber tudo sobre como cuidar de uma planta nolina ou pata-de-elefante, também é imprescindível que você se aprofunde com relação às pragas e doenças mais comuns que ela sofre, além de entender quais são os tratamentos mais eficazes:

Pragas da planta pata-de-elefante

A principal praga que ameaça a nolina é a cochonilha, principalmente a cochonilha-algodão e a ondulada. São insetos que ficam no caule e nas áreas novas da planta..

Para eliminar as cochonilhas, use um pulverizador caseiro, no qual você deve colocar água com sabão em pó, sabão de potássio ou peróxido de hidrogênio. Aplique uma dose aproximada de 2 ml por litro de água na planta a cada 3 dias. Aqui você pode saber mais sobre como eliminar as cochonilhas das plantas.

Doenças comuns

O excesso de umidade sobre a planta pode provocar o aparecimento de fungos e, consequentemente, causar doenças ou pragas ainda mais graves, debilitando a pata-de-elefante. Além disso, abusar da irrigação pode deixar o caule e as raízes da planta apodrecidos, principalmente por conta de fungos como o Phytophthora.

Para tratar esses problemas, aplique um fungicida na planta e reduza a irrigação até que a condição seja eliminada. Neste outro post você poderá aprender como fazer um fungicida caseiro. Outra maneira de evitar o aparecimento de fungos é controlando bem a irrigação da planta.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cuidar da planta pata-de-elefante, recomendamos que entre na nossa categoria de Jardinagem e Plantas.

Escrever comentário sobre Como cuidar da planta pata-de-elefante

O que lhe pareceu o artigo?

Como cuidar da planta pata-de-elefante
1 de 5
Como cuidar da planta pata-de-elefante

Voltar ao topo da página